(Des)acessibilidades

Fevereiro 22, 2007 at 4:00 am 3 comentários


Recuperando um comentário ao post “A Puta Espanhola”, testemunho de Manuel Martins:

“Sou deficiente… com 80 e tal %, nem sei ao certo.Por isso, de tudo o que li infelizmente nada estranhei. Estou farto, fartíssimo de ver gente a viver à grande e a viajar á pala da minha deficiência. Há gente e departamentos para tudo e isto não é teoria, estão lá, recebem vencimentos, mas não fazem nada, são monos, são inúteis…existem para eles mesmos, virados para dentro deles próprios. Não sei se é porque não podem ou não sabem, mas não fazem… os telefonemas entram em circuito, passa para aqui, depois para ali, pedem-nos para expor, para mandar mail … tanta incompetência, tanta insensibilidade … A evolução de uma sociedade mede-se acima de tudo pelo que faz pelos seus desafortunados. Somos realmente um país atrasado… Sabiam que eu enquanto deficiente em cadeira de rodas não tenho acesso ao edifício onde está instalado o SNRIPD – Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com deficiência? Não é piada, é verdade !!!”

Há muito a fazer no que toca a acessibilidades no nosso país e Canas não é excepção.

Lanço um repto para que sejam denunciadas as barreiras arquitectónicas e problemas de acessibilidades de Canas, colaborem, basta utilizar o espaço destinado a comentários!

Obrigado!

Anúncios

Entry filed under: Politica, Saúde.

Balanço Carnaval Canas de Senhorim Num país normal

3 comentários Add your own

  • 1. Daniel Rodrigues  |  Fevereiro 22, 2007 às 4:19 am

    Começando pela GNR e Junta de Freguesia, não há rampas de acesso aos respectivos edifícios.
    Escolas primárias também não estão dotadas das mesmas e o acesso por cadeira de rodas só é possível pelas “traseiras” dos respectivos edifícios.
    Escola EB 2,3/S tem vários pontos de díficil acesso e é impossível subir ao 1º andar dos vários pavilhões.

    Responder
  • 2. Daniel Rodrigues  |  Fevereiro 22, 2007 às 4:21 am

    Nos Bombeiros o acesso à secretaria para um cidadão em cadeira de rodas é impossível.
    Na biblioteca José Adelino passa-se o mesmo.

    Responder
  • 3. André jesus  |  Fevereiro 23, 2007 às 11:54 pm

    Sabiam que eu enquanto deficiente em cadeira de rodas não tenho acesso ao edifício onde está instalado o SNRIPD – Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com deficiência? Não é piada, é verdade !!!”

    ISTO É DEMAIS!!!!ESTE PAIS É MESMO ATRASSADO

    CONTINUA ESTOU ATENTO….

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Questionário

Memorando

Interlocutores

  • 125,466 Questionaram

%d bloggers like this: