Mundo

Setembro 13, 2009 at 11:01 pm Deixe um comentário


Foi à oito anos por estes dias que o terrorismo ceifou a vida de milhares de pessoas no coração dos EUA, vozes sectárias dirão e repetirão teorias da conspiração contra os EUA, esqueçamos essas vozes. Acho surreal pensarmos na base dos documentários que acusam a administração dos EUA de auto-flagelar o seu povo, impensável até. Seja apologista ou não da intervenção militar que foi e é feita do Afeganistão ao Iraque, os seus principais objectivos e as bases da sua génese, não posso acreditar na teoria da conspiração que foi promovida. Falamos de milhares de pessoas que morreram da forma mais trágica e angustiante que penso existir, a essas pessoas me curvo em jeito de homenagem.

O 11 de Setembro deve ser mais um dia em que pensamos na dimensão do Mundo, nos seus problemas, nas suas calamidades, mais uma vez observaremos a dimensão microscópica dos problemas que pensamos debater-nos dia-a-dia. O Mundo é desigual do oito ao oitenta. De um lado a fome, do outro a abundância. De um lado a pobreza, do outro a extravagância. De um lado a democracia, do outro a ditadura. É nestas ocasiões que me lembro da célebre canção de Jonh Lennon – Imagine.

Imagine there’s no countries
It isn’t hard to do
Nothing to kill or die for
And no religion too
Imagine all the people
Living life in peace

Anúncios

Entry filed under: Politica.

Ted Kennedy Visão retrógada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Questionário

Memorando

Interlocutores

  • 125,466 Questionaram

%d bloggers like this: