No aparelho de estado: A ditosa pátria dos enfermeiros

Abril 2, 2010 at 8:40 pm 2 comentários


A propósito deste texto do Tiago Moreira Ramalho no Aparelho de Estado (link 1), com o qual já tive oportunidade de discutir algumas questões acerca da greve dos enfermeiros.

Concordando apenas com alguns dos seus argumentos e discordando quase em pleno dos argumentos contra a greve, devo dizer que o texto que cito acima tem todo o meu apoio na parte dedicada ao grupo criado no facebook que visa Henrique Raposo (link 2). Recebi convite para esse grupo e não aceitei. Não resisti à tentação de criticar e até insultar o Sr.º Henrique Raposo (link 3), no entanto, fiquei-me pelo saudoso apelido de burro, não deixando de fundamentar a minha opinião – a de que Henrique Raposo teria sido ignorante. Mantenho essa convicção – não obstante o possível voyeurismo da sua opinião – mas ainda não acredito que ele esteja convicto daquilo que disse.

Posto isto. Um grupo que pelo seu título – e apesar de não acreditar de modo algum – sugere que Henrique Raposo ao entrar numa instituição de saúde seria tratado com austeridade, um grupo onde se manipulam imagens e fotografias do indivíduo de forma insultuosa e estúpida, um grupo onde não há espaço para a coerência e respeito pela opinião dos outros e serve apenas para destilar ódio – ignorante de igual modo – não merece apoio e marco o meu afastamento desta diatribe com a qual não me identifico.

Responder com altivez sim. Ignorar também.

Entry filed under: Politica. Tags: .

Greve, Enfermeiros, Luta, Irresponsabilidades e Afins Pecados na Igreja Católica

2 comentários Add your own

  • 1. Enfermeiro TMR  |  Abril 2, 2010 às 9:15 pm

    ola Daniel. Eu fui o criador do grupo e em nada pretendia descer ao nivel daquele sujeito. O titulo do grupo foi escolhido mesmo para nao ferir susceptibilidades, qualquer pessoa que vá fazer um exame de rotina poderá ter de se deitar numa maca e isso só implicaria que, como enfermeiro, eu lhe mostrasse todo o potencial do que nós fazemos e, como pessoa que merece cuidados, ele visse finalmente o que realmente um enfermeiro faz e é. Nunca, em tempo algum, na minha profissao irei colocar os meus sentimentos proprios à frente do meu trabalho. Eu mesmo tentei moderar os comentarios de alguns colegas la no grupo.. mas é quase impossivel controlar a raiva e odio que esse individuo levantou pois ele acusou, difamou e mt mais coisas milhares de enfermeiros, em que, aparentemente, tb vc esta incluido.
    Um Abraço

    Responder
  • 2. Daniel Rodrigues  |  Abril 3, 2010 às 6:42 am

    Aparentemente não. Eu estou incluido no preconceito. No entanto é fácil moderar um grupo no facebook. Bastava um título que não alimentasse polémica e apagar as manipulações estúpidas das fotos e imagens do senhor em questão.
    Cumprimentos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Questionário

Memorando

Interlocutores

  • 120,557 Questionaram

%d bloggers like this: