Onde chegámos? – Enfermeiros a soldo

Abril 24, 2010 at 4:33 pm Deixe um comentário


Os enfermeiros celebram por isso uma prestação ilegal de serviços com o Hospital Privado de Guimarães. O mais extraordinário desta situação é que, numa fase inicial, este Hospital oferece aos enfermeiros uma proposta para trabalharem cerca de dois meses sem qualquer remuneração, num regime de “voluntariado”, com a promessa de que, aceitando este trabalho voluntário, os trabalhadores poderão ter mais tarde um “contrato de trabalho”. A este período de voluntariado seguem-se mais alguns meses (entre 60 a 90 dias) a ganhar entre 200€ e 300£€, para um período de trabalho que pode chegar a 160 horas por mês. Neste período, os enfermeiros passam “recibos verdes” no valor que o Hospital estabelece, ou seja, sem referência ao horário de trabalho que cumprem nas instalações e sob subordinação hierárquica da instituição. Todos os enfermeiros passam por esta situação, que vai sendo tolerada dada a exiguidade de emprego existente e dadas as expectativas de celebração de contratos, que todavia nunca chegam.

Leiam todas as perguntas do deputado à AR pelo BE, José Soeiro, ao Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social (link). Enfermeiros a aceitarem exploração sem reivindicarem os seus direitos mais básicos? Ainda que o emprego existente seja exíguo – onde chegámos?

[Previamente publicado no Plano de Cuidados (link)]

Entry filed under: Saúde. Tags: .

De ‘partir o côco a rir’! Cravo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Questionário

Memorando

Interlocutores

  • 120,558 Questionaram

%d bloggers like this: