Jerónimo Martins/Provedoria do Cliente

Maio 2, 2012 at 5:00 pm 2 comentários


Cara Dr.ª Margarida M. Ramalho,
 
Atendendo às responsabilidades inerentes ao seu mandato no grupo Jerónimo Martins – Provedoria dos Clientes – e na minha qualidade de eminente ex-cliente das superfícies Pingo Doce exploradas pelo grupo atrás referido e que sua Exa. representa quero manifestar-lhe o meu desagrado com acontecimentos recentes e deixar algumas questões.
 
No passado dia 01 do presente mês, as superfícies Pingo Doce lançaram uma promoção de 50% de desconto em todos os produtos cuja soma totalizasse uma quantia superior a 100€, deste modo assinaram a mais ambiciosa estratégia de vendas do sector de que há memória (pelo menos, na minha memória). Se, única e exclusivamente, de marketing se tratasse estaria neste momento a parabenizar a estrutura que representa, no entanto, a manobra referida vai muito além de uma estratégia de marketing e passo a explicar.
 
Abrir as portas deste tipo de superfícies com preços pela metade num feriado nacional (sublinhe-se, por agora, que a maioria da população não trabalha) configura-se em acto irresponsável e criminoso (assim espero, que o digam as instituições próprias). Neste período de crise económica transversal à classe média e baixa portuguesas qualquer pessoa anteciparia os possíveis efeitos nefastos desta manobra.
 
Vejamos:
– desrespeito pela dignidade dos seus clientes habituais;
– uma afluência gigantesca às superfícies Pingo Doce que desrespeitou a dignidade das pessoas e lançou o pânico;
– a escassez de recursos humanos para um atendimento digno e capaz;
– a inobservância do incremento de medidas de segurança para evitar acontecimentos como desacatos e agressões (que ocorreram em várias superfícies);
– e o total desprezo pelos riscos associados à concentração de grandes massas em locais restritos.
 
De forma alguma tocarei nas questões políticas que possam associar-se ao dia do ‘acontecimento’ que refiro – o dia do Trabalhador, o dia 1 de Maio -, concerteza as conhecerá, cinjo-me apenas à irresponsabilidade que a cadeia Pingo Doce demonstrou ao permitir as adversidades que acima enumero a título de negócio que implica lucro. Deste modo, enquanto cliente venho questioná-la na esperança de que as suas respostas possam afigurar-se capazes de manter o meu estatuto:
 
1) Que medidas de segurança adicionais – em comparação com o dia-a-dia comum – foram encetadas nas superfícies Pingo Doce no dia 1 de maio?
2) Que acções serão levadas a cabo para ressarcir os clientes que foram prejudicados graças ao caos provocado?
3) Quem pagará as acções da Polícia de Segurança Pública em várias superfícies Pingo Doce pelo país inteiro?
4) Se a marca Pingo Doce pode oferecer descontos pontuais de 50% porque não repetir estas promoções frequentemente?
5) Quais os motivos para a promoção ser oferecida num feriado nacional?
6) Qual o vínculo dos trabalhadores do Pingo Doce a laborar no dia 1 do presente mês?
7) Qual a compensação oferecida aos trabalhadores do Pingo Doce por laborarem num feriado?
 
Desculpe a ignorância pautada nas perguntas que lhe dirijo. 
Desde já agradeço a sua compreensão,
Com os melhores cumprimentos,
Daniel Rodrigues
02-Maio-2012

Entry filed under: Politica. Tags: .

A reclamar… Publicidade criminosa

2 comentários Add your own

  • 1. BrunoOliveira  |  Maio 2, 2012 às 10:01 pm

    Desculpa a minha provável ignorância à volta deste plano maquiavélico do Pingo Doce, mas não é isto sim um falso moralismo dos sindicatos, ASAE, políticos e dos outros gestores que se viram ultrapassados???

    Trata-se, apesar dos aspectos que favoreçam o Pingo Doce, da possibilidade de várias famílias portuguesas carenciadas terem comprado produtos no valor de 100€ e pagarem 50€. Produtos para satisfazerem necessidades básicas e não luxos…

    De lamentar é a falta de civismo de um povo carenciado! E as situações que ocorreram ontem nesses hipermercados ocorrem no dia a dia por este país fora… Desacatos em lojas… Corridas a promoções… Black Friday etc…

    Há muitos assuntos pertinentes e a carecer de discussão neste momento… e não este que favoreceu milhares de portugueses…

    PS:

    O IKEA já aderiu e tem uma o mesmo desconto (50%) até 13 de Maio…🙂

    Responder
    • 2. Anónimo  |  Maio 2, 2012 às 10:37 pm

      Não concordo. Visões diferentes.

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Questionário

Memorando

Interlocutores

  • 120,558 Questionaram

%d bloggers like this: